Governo libera mais de R$ 400 milhões para empresas de eventos

O governo federal anunciou a liberação de R$ 408 milhões em recursos para as empresas do setor de eventos de cultura e entretenimento que foram afetadas pela crise provocada pelo coronavírus. A comunicação foi feita pelo secretário Especial da Cultura, Mário Frias, e pelo secretário Nacional de Fomento e Incentivo à Cultura, André Porciuncula, durante a Assembleia Geral da Associação Brasileira de Promotores de Eventos (Abrape).

A verba será fornecida por meio de linhas de crédito do BNDES. Embora as regras para a obtenção do recurso ainda não tenham sido divulgadas, a Secretaria Especial de Cultura afirma que a liberação do recurso deve ocorrer ainda no primeiro semestre deste ano. A proposta é de que o acesso seja facilitado por fundos garantidores, com carência de dois anos, e juros de 0,8%.

De acordo com a última edição do levantamento do Sebrae, que avalia o impacto da pandemia nos pequenos negócios, realizado em novembro, a Economia Criativa, que abriga o setor de eventos, está entre as áreas mais afetadas pela crise, tendo registrado uma perda de 62% do faturamento se comparado aos períodos anteriores às restrições de isolamento social. Desde o início da pandemia o setor já eliminou mais de 450 mil postos de trabalhos formais, entre diretos e indiretos.

Precisando de um orçamento?
Preencha o formulário abaixo ou entre em contato conosco.

Agende agora o seu serviço.

Escolha uma opção de contato abaixo,
e faça o seu agendamento.

Entre em contato